SEXORCISMO: HELLVEN TOURRR (JAN-FEV 2010) PARTE 01

:NEXORCISMO: iMAGENS & tEXTOS (2001-2010)
RG VNCBZ Vz. AR: LIVE IN BRAGANÇA PAULISTA
c/ LEPTOSPIROSE! 05/02/2010
Guri@ Vz. AR: LIVE AT CAFFEINE STUDIO, SÃO PAULO, 06/02/2010
+ VINCEBUZ + VERMES DO LIMBO!
FOTO BY RG VINCEBUZ: BRAGANÇA PAULISTA

ONIGNORANCE (BURN MY EYE)

i am the power i am the light
that will make you blind
i rule you i rule the truth
i am oniscience and if you don't see me soon...

i am the biggest light over the tops
i'll make you see, you'll see my right shine
my correct shine, i am the only light
i am the light of life
and if you don't see me soon
you can not stay blind

i am the protection of light
i burn your eyes, i burn your eyes
with this wise vision.


ONIGNORÂNCIA (QUEIME MEU OLHO)

eu sou o poder eu sou a luz
que deixará você cego
eu governo você eu governo a verdade
sou onisciência e se você não me enxergar logo...
eu sou a maior luz sobre os topos
eu farei você enxergar, você verá meu brilho certo
meu brilho correto, eu sou a única luz
eu sou a luz da vida
e se você não me enxergar logo
você não pode continuar cego
eu sou a proteção da luz
eu queimo seus olhos, queimo seus olhos
com esta visão sábia.


BELEZA SEM SENTIDO

toquei o centro de uma mensagem
para me lembrar, não revelar, que estou vivo
meu corpo responde
como um direito humano
há alguma esperança deixada para mim
eu sou aquele para conseguir isso
mente é carne, carne é coração
razão é cega, paixão soube o porquê
longe de qualquer moralidade
longe da cobiça da inocência
capaz de empurrar para dentro, mente e coração
perdendo a consciência, fazendo sentido


SENSELESS BEAUTY

i've touched the center of a message
to remind me, not reveal, that i'm alive
my body replies
as a human right
there is some hope left for me
i am the one to get to it
mind is flesh, flesh is heart
reason is blind, passion knew why
away from any morality
away from the innocence's greed
able to push it inside, mind & heart
losing conscience, making sense
Herbert Bruggner Neto Vs. ar: Grito Rock Bauru, 12/02/2010
HUMAN GLORY

you believe dignity and sacrifice
to pay your taxes and fight
for your deserved money
you believe the happiness and the cross
to reproduce slaveness with honour
revindicating a proletarian crown of thorns.


GLÓRIA HUMANA
você acredita em dignidade e sacrifício
pagar seus impostos e lutar
pelo seu dinheiro merecido
você acredita na felicidade e na cruz
reproduzir escravidão com honra
reivindicando uma coroa de espinhos proletária.


PARANOID REVOLUTIONS

fairy tales in the dirty downtown
they left the money in the mailbox
she couldn't wait; i was too late
another move, then a mistery.
and even though i hide
in a bad dream
there's always someone against me
(i try to hug her in a memory)
cut off, the arms
cut off, the poetry
there's always someone against me.


REVOLUÇÕES PARANÓICAS

contos de fada no centro sujo da cidade
eles deixaram o dinheiro na caixa de correio
ela não podia esperar; eu estava atrasado demais
mais um movimento, e então um mistério.
e mesmo que eu me esconda
em um sonho ruim
há sempre alguém contra mim
(eu tento abraçá-la em uma memória)
corte fora - os braços
corte fora - a poesia
há sempre alguém contra mim.
SACRIFICES OF CHAOS

now chaos is the future
chaos is the present
and chaos will be the past
tried hard to ignore these numbers
all those numbers
too many numbers
the fascist on the government
the dear fascist at yr house
now i gotta reduce you to nothing
for me to be able to be something


SACRIFÍCIOS DO CAOS

agora caos é o futuro
caos é o presente
e caos será o passado

me esforcei em ignorar esses números
todos esses números
números demais
o fascista no governo
o querido fascista na tua casa
agora tenho que reduzir você a nada
para que eu seja capaz de ser algo.


RETROBUTION

she gave me the guns
i shot her face
in the mirror.


RETROBUIÇÃO

ela me deu as armas
eu atirei na cara dela

no espelho.

Shot by Herbert Bruggner Neto: Grito Rock Bauru

SCIENTIFIC FACTION

love was yr second chance
then the excluded of society
are another part of society
it's not a novelty
that u're still pointing at me

sacrifices exist all the time
but there ain't always a reward
and there's always a graveyard

turn it upside down
and it's like a card
dirt its down side
and it's still the same card.


FACÇÃO CIENTÍFICA

amor foi sua segunda chance
e então os excluídos da sociedade
são mais uma parte da sociedade
não é uma novidade
que você ainda esteja apontando pra mim

sacrifícios existem o tempo todo
mas não há sempre uma recompensa
e há sempre um cemitério

vire isso de ponta-cabeça
e é como uma carta de baralho
suje a parte de baixo
e ainda é a mesma carta.

XXX
>+O

2 comentários:

Anônimo disse...

diria antes... outro é quase outro, eu é quase eu. A música e a Poesia estão repletas de vocês, bipartições...
e é como diriam Gilles e Félix, é, muito mais difícil matar o fascista que chama-se de eu.

bonequinhologia disse...

Como diria o Gato Felix: para matar o fascista deve-se saber ser um bom gusano.
Ainda segundo Felix, cuidado: parece chocolate, mas não é.